Na Marca do Pênalti

Vasco é garfado e cai

24/10/13 23:58
atualizado em 24/10/2013 23:56

Juiz e ‘gordinho’ Walter engolem o sonho do time na Copa do Brasil

O Vasco lutou, foi valente e honrou sua camisa, mas perdeu a vaga no regulamento. A torcida acreditou e compareceu em bom número, empurrando o time para a vitória por 3 a 2, ontem, no Maracanã, mas o resultado foi insuficiente. O Goiás havia vencido por 2 a 1 no primeiro jogo e garantiu a vaga contra o Flamengo na semifinal da Copa do Brasil. O gol que faltou ao Vasco foi mal anulado pelo árbitro, que assinalou impedimento de Luan na jogada.

Quando a bola rolou, o Vascão surpreendeu até o seu mais otimista torcedor. Logo aos dois minutos, Juninho lançou Fagner, que deu drible desconcertante em William Matheus e passou para Thales botar no fundo da rede. O gol bastava para classificar o time, mas mesmo assim o Gigante foi pra cima e marcou o segundo. Thales recebeu na entrada da área e chutou no canto esquerdo.

Festa no Maraca! Os vascaínos já sonhavam com o duelo com o rival, Flamengo quando Walter acordou os cruzmaltinos.

O ‘gordinho' fez lançamento para Hugo, que recebeu nas costas de Luan e bateu de primeira para diminuir. O jogo ficou lá e cá, quando a arbitragem atrapalhou. Aos 35, Juninho cruzou para Luan, que marcou, mas o impedimento foi marcado erradamente.

No segundo tempo, o sonho voltou a ser abocanhado por Walter, que aos 10 deu passe de peito para Amaral chutar. A bola bateu na zaga e encobriu o goleiro Alessandro. Mas o Vasco estava vivo e Willie, de cabeça, fez 3 a 2 aos 34. Os minutos finais prometiam.

Era hora da pressão. O Vasco foi pra cima e tentava. O Goiás, por sua vez, tinha os contra-ataques. Aos 45, falta para o Vasco. Todos acreditaram em Juninho, mas a bola passou por cima do travessão.

 



© Copyright Editora O DIA S.A. - Para reprodução deste conteúdo, contate a Agência O DIA.