Mudança de sexo

Babado

'Tem que ser corintiano'

Por: Camila Valiati
21/04/12 23:02
atualizado em 22/04/2012 02:08

Musa do Corinthians, Ana Paula Minerato agora bate cartão no Pânico na Band

Musa do Corinthians, Ana Paula Minerato agora bate cartão no Pânico na Band. Apesar de linda, a gata revela para a coluna que está solteira e conta o que um homem precisa ter para conquistá-la. Confira a entrevista!

Como você foi escolhida para participar do "Pânico na Band"?

Eu fui a Musa do Corinthians no ano passado e o "Pânico" estava fazendo o quadro "Afogando o Ganso". O programa ligou para minha irmã Tati e para mim e nos chamou para participarmos do quadro. A gravação foi muito legal e, quando foi ao ar, foi um sucesso. Todo mundo dizendo que foi um dos melhores quadros. No dia seguinte, o diretor da atração, Alan Rapp, me ligou e me convidou para participar do quadro "Dramaturgia", já que todos tinham gostado muito de mim. Depois, fui chamada para fazer reportagens, interpretar personagens e, neste ano, me contrataram para integrar o elenco fixo. Estou muito feliz com a oportunidade.

Você já passou por alguma situação inusitada no "Pânico"?

No meu primeiro mês, fiz quase todas as gravações com o corpo e o rosto completamente pintados. Isso para mim foi inédito, me pintaram de todas as cores possíveis.

Você se espelha na Sabrina Sato?

Sempre fui fã dela. Além de linda, ela é espontânea e engraçada. Tenho a Sabrina como inspiração.

Além do "Pânico", você tem outros projetos?

Estou fazendo curso de Inglês e teatro, mas me encontrei no humor. Quero continuar no "Pânico" porque estou muito feliz lá.

Como você lida com o assédio dos homens?

No meu bairro, sou bem conhecida, mas nas ruas sempre tem um ou outro que vem falar comigo. Sempre trato todos bem. Adoro esse carinho das pessoas.

Você tem namorado?

Estou solteira.

O que mais te atrai em um homem?

Tem que ser bem-humorado, corintiano, gostar de cachorro e gostar mais ainda da sogra.

Você já recebeu proposta para posar nua?

No início do ano, me procuraram. Mas hoje não estou interessada. Quero que as pessoas me conheçam melhor, quero que elas vejam meu trabalho e depois pensarei nisso.



© Copyright Editora O DIA S.A. - Para reprodução deste conteúdo, contate a Agência O DIA.