Na marca do Pênalti

Obrigação é do Fogão

20/04/12 23:16
atualizado em 21/04/2012 02:18

Oswaldo confirma o retorno de Loco Abreu ao time titular para encarar o Bangu

O mistério ficou só nas cobranças de pênaltis, que os jornalistas não puderam acompanhar no treino de ontem no Engenhão, o último do Botafogo antes de disputar a semifinal da Taça Rio com o Bangu, hoje, às 18h30. O técnico Oswaldo de Oliveira confirmou a volta de Loco Abreu ao time titular, depois de barrar o uruguaio contra o Guarani, pela Copa do Brasil, na última quarta-feira, e dizer que o atacante só voltaria quando estivesse pronto.

O treinador também adiantou que Maicosuel ficará no banco de reservas, mas deve entrar no segundo tempo. O Alvinegro entra em campo com o peso do favoritismo, já que o time da Zona Oeste chega à fase decisiva como azarão, empurrando a obrigação da vitória para o outro lado.

Sobre os pênaltis, o treinador explicou que fechou a atividade para que ninguém anotasse a forma de cobrar dos jogadores. "Vai que tem algum banguense ou um enviado?", brincou Oswaldo.

Desde a decisão contra o Guarani, Oswaldo adotou uma nova maneira de treinar as penalidades, em que cada um dos atletas, incluindo o goleiro Jefferson, bate uma vez só. "Já crio logo um clima de decisão. Se perder, está fora. Se fizer, está dentro. Já é para educar a parte emocional do jogador", justificou o técnico, revelando que todos os jogadores converteram as suas cobranças.

Confiante, o meia Elkeson aposta na pontaria dos botafoguenses e na fama de pegador de pênaltis do camisa 1: "Vai ser muito difícil a gente perder porque o Jefferson vai pegar pelo menos um. Cabe a nós nos concentrarmos e fazer a nossa parte".

 



© Copyright Editora O DIA S.A. - Para reprodução deste conteúdo, contate a Agência O DIA.