Plantão de Polícia

Preso o borracheiro tarado da Zona Oeste que filmava estupros

Meia Hora 0

04/08/11 00:48


Maníaco de Jacarepaguá foi reconhecido por 9 de suas 14 vítimas e polícia procura outras

A Polícia Civil prendeu ontem, no Centro do Rio, homem acusado de ser o estuprador que vinha aterrorizando mulheres em Jacarepaguá, na Zona Oeste, há pelo menos oito meses. Segundo as investigações, Zinaldo de Lima Freire Filho, de 34 anos, fez 14 vítimas desde dezembro do ano passado, mas o número de ocorrências pode ser maior, já que os agentes encontraram fotos de outras mulheres num cartão de memória da câmera fotográfica que estava com ele.

Zinaldo, que trabalhou como borracheiro mas atualmente estava desempregado, já havia sido condenado por estupro e porte ilegal de arma e cumpria pena em regime semiaberto. Segundo a polícia, ele atacava as vítimas usando capuz, mas em duas ocasiões deixou o rosto à mostra, o que ajudou na identificação. "Detalhes como a tatuagem no braço, o jeito de falar e o porte físico também nos ajudaram", explicou o delegado adjunto da 32ª DP (Taquara), Leandro Aquino.

Das 14 mulheres atacadas por Zinaldo que registraram a ocorrência, nove estiveram na delegacia ontem e reconheceram o estuprador. As outras cinco deverão fazer o reconhecimento nos próximos dias. O preso será indiciado ainda por roubo qualificado, já que em sua casa os agentes encontraram objetos das vítimas, como telefones celulares e bolsas.

O criminoso atacava principalmente nos arredores da Gardênia Azul, onde morava, e de Rio das Pedras. Usando carros roubados, ele rendia as vítimas com uma arma e as levava para locais ermos - houve estupros no estacionamento de um supermercado, e pelo menos sete ataques ocorreram num casarão em ruínas.