Mudança de sexo

Enfarte

Motorista morre após barraco com atriz da Globo

15/01/13 22:53
atualizado em 16/01/2013 00:55

Funcionário de empresa terceirizada enfartou algumas horas depois de errar o caminho ao levar Zezé Polessa até o Projac

Um motorista que prestava serviço para a Rede Globo morreu de enfarte, segunda-feira à noite, horas depois de discutir com uma atriz do primeiro time da emissora, segundo revelou ontem na Internet o colunista Léo Dias, do jornal O Dia. Em sua coluna publicada hoje, o jornalista dá mais detalhes sobre a história, que envolve Zezé Polessa, intérprete da personagem Berna na novela das 21h Salve Jorge, e o funcionário de uma empresa terceirizada Nelson Anderson Lopes, que tinha 62 anos.

Segundo Léo Dias, a confusão começou quando o motorista, que levava Zezé para o Projac (centro de produção da Globo em Jacarepaguá), errou o caminho e foi parar no Recreio dos Bandeirantes, também na Zona Oeste do Rio. De acordo com uma fonte do colunista, a atriz teria dito a Nelson que ele deveria comprar um GPS ou dirigir um jegue. Já na chegada ao Projac, Zezé gritava que não aceitaria mais ser conduzida por ele.

Logo depois do ocorrido, Nelson começou a passar mal, com dores no peito e falta de ar, e foi levado para o Hospital Lourenço Jorge, na Barra, no início da tarde de segunda-feira. Na chegada, um médico perguntou se ele havia passado por algum episódio de estresse. O motorista se queixou de dores no peito no dia anterior, mas contou que a situação havia piorado depois de sair do Projac.

Ele repetia que não poderia perder o emprego. A situação foi se agravando, até que a equipe médica percebeu que ele havia tido um enfarte. Cerca de uma hora depois, Nelson morreu.

 



© Copyright Editora O DIA S.A. - Para reprodução deste conteúdo, contate a Agência O DIA.